318 - Confiança e Firmeza

 


[1]
A Jesus Cristo,
Meu grande Amigo,
Hei de abiri sempre
Meu coração.
Tenho em seus braços
Constante abrigo,
Em sua graça
Consolação.

Sim, confiante,
Jesus bendito,
Aos teus pés sempre
Tu me verás;
De tua bênção
Eu necessito,
E do conforto
De tua paz.

[2]
De Jesus Cristo
Eu dia a dia,
Por seu ensino,
Que é sem igual,
A luz recebo,
Que me alumia
E livra os passos
De todo o mal.

[3]
A Jesus Cristo,
Se amargurado,
Mágoas e dores
Remeterei.
Eu tudo espero
De seu cuidado:
Amor infindo
É sua lei.

[4]
Do trilho reto,
De quando em quando
Os maus se esforçam
Por me arredar;
Mas fico a salvo
Em me firmando
Em Jesus Cristo,
"Pedra angular".

Rev. João Marques da Mota Sobrinho

Nenhum comentário:
Comente!COMENTE!