306 - Companhia de Cristo

 


[1]
Neste mundo sozinho,
Não quero nem posso viver,
Pois eu sendo mui débil,
Como me posso valer?
Mas Jesus vai comigo
Sempre pronto a salvar;
Pois ele mesmo promete
Jamais os seus servos deixar.

Nunca me deixar!
Nunca me deixar!
Sim, ele mesmo promete
Nunca me deixar!

[2]
Inimigos mui fortes
Procuram minha alma afligir;
Mas por Cristo amaparado,
Eu poderei resistir.
Se Jesus vai comigo,
Hei de sempre exultar,
Pois ele mesmo promete
Jamais os seus servos deixar.

[3]
Nas tristezas da vida,
Nas dores e nas aflições,
E nalida do dia,
Em provas, em tentações,
Cristo sempre comigo
Me fará triunfar,
Pois ele mesmo promete
Jamais os seus servos deixar.

Henry Maxwell Wright

Nenhum comentário:
Comente!COMENTE!