166 - Jesus e as Crianças

 

[1]
A Jesus crianças vinham
Sua bênção suplicar;
Logo, a mim, que sou criança,
Não a pode recusar.

[2]
Com ternura o amado Mestre
Para si as convidou;
Aceitando seu convite,
A Jesus, contente, eu vou.

[3]
Minhas mãos tão pequeninas
Ergo a ti, meu Salvador.
Ouve! Dá-me a tua bênção.
Dá-me sempre o teu favor!


Sarah Poulton Kalley

-->

Nenhum comentário:
Comente!COMENTE!